segunda-feira, 28 de maio de 2012

Braga - Despacho do RX; " É tudo uma questão de (Erva?)


É tudo uma questão de Relvas (com foto).

A hipocrisia dos políticos...e daqueles que falsificam impostos, traficam receitas e vendem drogas em consultórios.
"Quando rebentam escândalos como o de Relvas/Silva Carvalho o melhor são os detalhes. Conta o Expresso:
"(...) um dos SMS mais significativos é o que o ex-espião enviou no dia a seguir à vitória do PSD nas eleições. Nessa mensagem o espião contou que Ângelo Correia pediu ao Millennium BCP para contratar o diretor operacional do SIS (seu adversário) e estava a promover a ascensão da mulher desse diretor a líder da secreta interna, terminando o SMS com um tratamento informal na segunda pessoa. "Já viste?"
Deixemos de lado a prova evidente de que o ainda ministro Miguel Relvas mentiu. Hoje Ângelo Correia "defende a demissão de Júlio Pereira do cargo de secretário-geral dos Serviços de Informação da República Portuguesa" no CM.
Ângelo Correia, o ministro de Pinto Balsemão que aquando da primeira greve geral em Portugal proclamou ter abortado uma revolução porque a polícia sob a sua tutela interceptara um carro com pregos e tábuas no porta-bagagens, um grande especialista em informações, portanto, Ângelo Correia o homem que ""nunca pediria" a demissão de Dias Loureiro do Conselho de Estado na sequência do caso BPN", Ângelo Correia o personagem do vídeo abaixo onde gesticula contra os direitos adquiridos dos outros mas defende a sua subvenção vitalícia, essa um direito adquirido consagrado na lei e que faz muita falta em tempos de crise, Ângelo Correia foi eleito para que cargo no governo de Portugal?
Já viram?"
Pelos vistos, uma das ameaças do Relvas à jornalista do Público passava por divulgar a relação da dita senhora com um político, numa clara tentativa de descredibilização.
É parecido com as ligações do Bragadamn com a sede da Senhora a Branca. Tudo relações de cama que a seu tempo serão de conhecimento geral e que servirão para explicar os meios que algumas figuras imaculadas da política bracarense usam para tentar aterrorizar quem não "come" à mesma mesa.
Mas nesse mesmo dia, a praça do município deixará de ser um sonho pela terceira vez consecutiva.
Rx, aqui paga-se ao jardineiro, com toda a Confiança!

4 comentários:

  1. Não se pagam é casas, não é RX? Pelo menos a de Nogueira, o dono ficou a arder... AH! Mas ainda has-de vir a ser um Advogado Ilustre - já acabaste o estágio? - e, por isso, processos de cobranças de rendas não aceitarás!

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Farricoco,
    O teu blog vai receber um prémio da Ordem dos Cidadãos que acham que os Advogados são uma merda. É que foste o primeiro a passar um a Rx e a confirmar essa tese...

    ResponderEliminar
  4. Ó anibal não digas isso. e logo tu que vais precisar de um bom advogado brevemente.

    ResponderEliminar